Brochada na hora do sexo casual: você acha que isso é normal?

Às vezes, o nervosismo pode chegar a níveis tão altos que impede o ato sexual

Categorias: 07/12/2016

É normal dar aquela brochada na hora do sexo casual?

Você já deu uma brochada na hora do sexo casual? Se a sua resposta é sim, fique tranquilo que a coisa não está tão feia assim pro seu lado

O tema “sexo” vem, desde sempre na história da humanidade, carregado de polêmicas e tabus. Se falar sobre sexo já é bastante incômodo para muitas pessoas, quem dirá tocar no assunto “sexo casual”. Aí sim a coisa complica! Apesar dos brasileiros terem fama mundial de bons amantes e de praticarem sexo de forma bastante aberta, na hora de discutirem sobre o assunto, a maioria se mostra conservadora e se fecha de forma espantosa.

O sexo casual pode trazer alguns desafios aos protagonistas. É comum, por exemplo, rolar certo nervosismo, por se tratar de um primeiro encontro e uma possível transa com alguém talvez nunca antes visto, entre outras inseguranças que podem acompanhar esse momento.

Para as mulheres, a tensão gerada não costuma trazer tantas consequências negativas. Talvez elas tenham que se concentrar mais no ato sexual para conseguir chegar ao orgasmo, ou até prefiram fingir prazer para não deixar o parceiro se sentindo um incompetente. Já para os homens, a coisa pode complicar bem mais, gerando uma situação constrangedora: a temida brochada. Às vezes, o nervosismo pode chegar a níveis tão altos que impede o ato sexual.

A brochada, que é uma das questões que mais tira o sossego de qualquer homem, foi abordada numa pesquisa pelo site de encontros casuais C-Date (c-date.com.br). A plataforma, que tem mais de cinco milhões de usuários só no Brasil, perguntou a 684 homens se já brocharam e a 326 mulheres se já fingiram ter um orgasmo.

O resultado foi que cerca de 30% dos homens confessou que já deu uma brochada na hora do sexo casual. A sexóloga do C-date (Carla Cecarello) explica: isso é normal de acontecer, pois a ereção tem relação direta com fatores psicológicos. Os encontros casuais costumam ocasionar muita tensão para o homem, gerando  bastante ansiedade. A broxada é apenas um reflexo da descarga de adrenalina em seu organismo. Ela sugere que o fato seja tratado com naturalidade, e acredita que o homem deve sempre ter em mente de que a brochada, às vezes, é algo super normal. Dar uma parada para respirar e deixar que a tensão vá embora aumenta as chances de a segunda tentativa ser bem sucedida.

brochada

Mas não são somente os homens que tem problemas com o sexo! A pesquisa também mostrou que em torno de 50% das usuárias que responderam a pergunta alegam já ter dado uma brochada também (fingindo prazer). A sexóloga Carla Cecarello tem uma explicação: para a mulher, o orgasmo é sinônimo de entrega, e os encontros casuais, geralmente, não oferecem uma condição propícia a isso. A partir daí, o bloqueio psicológico pode acontecer, impedindo que ela sinta tanto prazer quanto deveria. Aí não tem como dar outra: a brochada feminina acontece e o orgasmo acaba não rolando de jeito nenhum.

Ainda, de acordo com a sexóloga, para se permitir vivenciar esse momento com mais tranquilidade e tirar maior proveito de todas as possibilidades de prazer, a mulher deve se inteirar sobre o assunto. Ler, assistir a vídeos, procurar sites de relacionamento, conversar com alguém mais experiente para pegar dicas, entre outras formas de se adquirir conhecimento, são maneiras eficientes de aprender a lidar melhor com a situação. O autoconhecimento também ajuda e muito a evitar a brochada e desfrutar de todas as coisas boas que o sexo pode proporcionar. Sentir-se segura é o segredo para o sucesso na hora H. Escolher um local interessante para transar com seu parceiro, também ajuda muito. Aí é só se deixar levar e sentir muito prazer sem culpa e sem bloqueios.

ACOMPANHANTES BH
Acompanhantes de Luxo

Larissa

Acompanhantes de Luxo

Brunna Yang

Acompanhantes de Luxo

Marcela Prado

Acompanhantes de Luxo

Éricka Turner

Acompanhantes de Luxo

Sabrina Salles